sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Um problema

O Islão é um problema. Não porque todos os adeptos dessa religião sejam terroristas ou queiram impor a sua religião a outros, mas porque existem grupos militantes que estão dispostos a tudo, mesmo a matar outros adeptos do Islão. Neste momento, o Islão militante é o principal problema do mundo. O assassinato, no Egipto, de fiéis sufi é revelador (ver aqui). Os sufi, um ramo espiritual do Islão, pela natureza da sua prática religiosa são os que estão mais abertos à aceitação da diferença e à tolerância. Para o Islão militante não há tolerância possível. A morte é a única lei que os rege. Se isto não é um problema, o que é um problema?

Sem comentários:

Enviar um comentário